quarta-feira, agosto 31, 2005



...graças ao desrespeito pela liberdade do exercício bloguiano !!! Obrigado Spamers!
ps.: se quiserem comentar registados... vão ter q passar por isto :S

Emil Hoppe, Kunstschau 1908


Hoje recebi um postal de longa distancia de um amigo muito próximo... Há que "re-ativar" boas e antigas concecções :)

terça-feira, agosto 30, 2005

Após varias conversas com desconhecidos descobri que muitas vezes o prefixo "su" cai mesmo bem com a nossa nacional realidade.

Coisas do Arco da Velha

Na tentaiva de ressuscitar este blog que em tempos foi reinado de pensamento fértil, irei contar uma história escrita em ténues tonalidades cinza claro nos anais da mitologia... e reza assim:

No periodo final da idade do bronze, os povos do mar aterrorizavam as grandes civilizações do crescente fertil de onde desabrocharam esplendidas culturas, ameçadas pela sede e riqueza destes povos bárbaros. Para além da destruição e da guerra mercenária, este povo era motivado pela Arkos, uma pedra preciosa de origem desconhecida, protegida por um restrito grupo de cretenses abençoados pelo conhecimento divino do desdobramento das cores através da Arkos. Durante uma geração as populações foram dizimadas pela vontade de possuir Arkos, mas o insucesso enfraquecia o espirito guerreio, transformara o real em mito...
Séculos mais tarde, Promifeseu, filho de Iliaques, jovem aventureiro da estepe de Argos parte em viagem pelos mares, descansando em Creta onde conhece Arquemeida, descendente dos protectores de Arkos.
Na impossibilidade de partir com Promifeseu, divide Arkos em duas partes, oferencendo uma ao seu amado e refugia-se nas montanhas agrestes, tornando-se numa eremita, envelhecendo à espera do regresso de Promifeseu. Diz a lenda que para comunicarem entre si, expunham o seu pedaço ao sol, reflectindo a luz solar, criando o arco-iris.

sábado, agosto 20, 2005

Hallo Mariotti

Bem vindo :)

quarta-feira, agosto 17, 2005

Mapa Territorial


(Clicka-me para eu me enlargar)

Encontro-me mais uma vez deveras fascinado com as minhas descobertas no mundo animal, canídeo em particular. Nos últimos dias, sempre que chego a casa, o Boris - o famoso e belo exemplar de pastor belga malinois - sai lampeiro pela porta apos uma lambidela facial de obrigação perante a paternidade de minha pessoa, na tentativa de fazer a sua marca territorial. Estranhava a sua não resposta aos meus chamamentos, e acanhadamente despejava a sua bexiga depois de umas farejadelas mais intensas... irritava-me um bocado, até que reparei que todos os dias ele subia mais um bocadinho na rua. Hoje, despertado pela emoção e pelo ginger ale nos anos do amilcar (abraço a parabéns, Guerreiro Maui) percebi que este animal está a tentar marcar com vigor o território menos explorado nos seus passeios diários. No fundo está a tentar criar a reputação de Boris, Cão das Obras, Fakir e Rei do Quarteirão e Colónias. :)

terça-feira, agosto 09, 2005


O NELSUM é o terrivel personagem que ataca jovens inocentes que adormecem na praia...
Passa o dia a assar sardinhas e durante a madrugada escolhe a sua presa cuidadosamente, correndo pela praia exalando cebola e expirando alcool destilado pela boca. Após a suadela, agarra-se ao jovem que estiver em sono profundo no areal.

Neste momento preciso da vossa ajuda para definir o aspecto deste predador... (A) ou (B), aceitando-se mais sugestões....

A banda sonora oficial das ferias em Lagos ;) Posted by Picasa